Follow us on Twitter View our profile on LinkedIn                   ArchestrA button  

  

 

Automa��o e Informa��o

para a Ind�stria Farmac�utica

 

Avid Logo

 

Mantenha aquele trem em movimento

 

Vol 1 No 6  

junho, 2013

 

DNA edited 

(11) 4723-7191

Novos sistemas de controle e substitui��o de sistemas legados apresentam ambos risco e oportunidade. Avid Solutions tem a experi�ncia e o foco para minimizar o risco e fazer o m�ximo da oportunidade.

 

Como consultores de controle de processo e integradores de sistemas, oferecemos aos nossos clientes solu��es inteligentes de Engenharia B�sica e Projeto Conceitual at� instala��o e suporte cont�nuo. Trabalhamos com as principais marcas do mercado, e estamos atualizados com as mais recentes tecnologias para fazer recomenda��es de hardware e software baseadas inteiramente no que melhor atende �s suas necessidades e or�amento.

 

Nosso objetivo � superar suas expectativas � medida que trabalhamos juntos para realizar o potencial e explorar oportunidades de valor.

Em processos farmac�uticos cont�nuos ou biot�cnicos, iniciar o sistema e depois mant�-lo em estado de opera��o cont�nuo n�o � sempre a mais f�cil das tarefas. Apesar disto, sistemas de controle propriamente desenhados t�m sido utilizados para realizar opera��es confi�veis de ligar/desligar, ajudar os Operadores a reagirem e recuperarem-se rapidamente de ruptura de processo, e maximizar a taxa de produ��o total. Este artigo ir� enfatizar alguns conceitos chave que devem ser incorporados em estrat�gias de controle, a fim de manter o produto rolando pelos trilhos.

 

A quantia de ligar/desligar de um processo cont�nuo pode ser bastante complicada e n�o algo que pode ser facilmente definido atrav�s de modelagem de software. Com bastante frequ�ncia, o processo de ligar para um processo cont�nuo � derivado de uma mistura de crit�rios de seguran�a, projeto de engenharia, e procedimentos de outras f�bricas com v�rios n�veis de automa��o. Muitas vezes, durante o desenvolvimento, as opera��es de ligar/desligar n�o recebem o mesmo foco que a opera��o de estado est�vel. Um bom desenho levar� em conta as dificuldades durante estas transi��es e lidar� com elas com anteced�ncia.

 

Estrat�gias de controle que asseguram uma opera��o segura e eficiente t�m as seguintes semelhan�as:

 

  • Dividem o processo em partes menores de tal forma que v�rias partes do processo podem ser encenados e operados com um grau relativo de independ�ncia
  • Empregam o uso judicioso de redund�ncia atrav�s da identifica��o de impedimentos no processo, instrumenta��o cr�tica, e redes de comunica��o
  • S�o configurados com sintonia de malha propriamente afinados que s�o capazes de lidar com a din�mica do processo
  • Fornecem interface de opera��o que s�o intuitivos, f�ceis de navegar, anunciam alarmes cr�ticos, e providenciam controle de dados de processo atuais e hist�ricos relevantes  

 

Uma vez que um controle de sistemas bem desenvolvido � implementado, startups leves e eficientes podem ser alcan�ados tornando problemas passados em mem�rias e hist�rico de conflitos antigos. Ainda melhor, a utiliza��o destas abordagens tem permitido aos nossos clientes eliminar horas de rotinas de in�cio, economizando at� 50% do tempo necess�rio para alcan�ar opera��o completa, e permitindo que a equipe de opera��o e engenharia mantenha aquele trem em perfeito funcionamento. Como a Avid Solutions pode ajud�-lo a manter o trem em perfeito funcionamento?

 

 
----------------------------------------------------------------